Os benefícios do leite fermentado

Os benefícios do leite fermentado

Desde muito cedo temos contato com uma bebidinha que nos causa estranheza na primeira impressão, mas que acaba garantindo lugar à mesa pelo seu sabor e seus benefícios. Estamos falando do leite fermentado – sim, aquele com os famosos “lactobacilos vivos”, capazes de regular a flora intestinal e melhorar nosso sistema digestivo.

A diferença entre leite fermentado, bebida láctea e iogurte está, basicamente, no processo de fermentação de cada um – e, também, na “espécie” de suas bactérias. O iogurte, por exemplo, é produzido a partir de Streptococcus themophilus e Lactobacillus bulgaricus, enquanto o leite fermentado tem Lactobacillus casei (os tais dos lactobacilos vivos) e Bifidobacterium animalis. Na bebida láctea, a diferença está na concentração do soro de leite (aproximadamente 51%) e, por isso, tem a consistência mais líquida.

Por falar nisso, é o processo de fermentação que contamos ali em cima que faz com que o iogurte seja mais cremoso, enquanto o leite fermentado é menos grosso e apresenta uma concentração maior de bactérias.

Até aí tudo bem, mas o que é que o leite fermentado muda em nossas vidas?

3 principais vantagens do leite fermentado

Quando começou a ser apresentado à dieta de adultos e crianças no Brasil, lá pelos idos dos anos 1990, as principais marcas de leite fermentado diziam que essa bebida era uma das melhores amigas do funcionamento intestinal. Essa é uma realidade que não mudou: graças ao leite fermentado muitas pessoas conseguem auxílio para a recomposição da flora do intestino, transformando o alimento em algo extremamente funcional nos dias de hoje.

Mas não para por aí. Veja os outros principais benefícios do leite fermentado para pessoas de todas as idades:

#1 Reforça a imunidade

Sob o selo de probiótico (ou seja, de ajuda à flora intestinal), o leite fermentado, quando ingerido diariamente e dentro de uma dieta prescrita por um nutricionista, pode auxiliar o organismo a deixar bem longe doenças, infecções e alergias que podem atingir mais facilmente pessoas que não tem esse recurso no dia a dia.

O equilíbrio da flora intestinal proporcionado pelo leite fermentado, inclusive, nos faz encarar a vida com mais bom humor e disposição, já que diversos males do intestino são responsáveis por tirar nossa energia e produtividade.

#2 Vida sem prisão de ventre

E, por falar nisso, quem tem dificuldades para lidar com o troninho pode encontrar alento no leite fermentado – e não só na infância, mas em qualquer etapa da vida.

As bactérias do bem que permeiam o leite fermentado são inseridas no intestino com um propósito bem delimitado: ajudar a empurrar as fezes, em movimentos peristálticos, que é o que um intestino 100% saudável deve fazer.

Quem sofre de constipação sabe o quanto é ruim viver com desconforto e dores constantes de barriga. Alguns medicamentos podem ajudar a diminuir esse problema, assim como o leite fermentado, que já é de grande ajuda no processo.

#3 É um alimento gostoso

Quando falamos de nomes difíceis, bactérias e intestino, dificilmente conseguiremos fazer soar com que o alimento é gostoso, certo? No caso do leite fermentado, a resposta é: errado.

Em embalagens para consumo individual, na medida certa para as vantagens a que se propõe, o leite fermentado é uma daquelas bebidas que a gente já termina querendo mais. Para alguns ele tem até gosto de infância – relembrando que foi mais ou menos na década de 1990 que ele começou a virar moda por aqui.

Mas, se você nunca tomou, basta abrir um leite fermentado da Apreciare e tirar a prova.

Aliás, temos uma ótima notícia para quem já sente cólicas só de ouvir a palavra “leite”: a nossa versão do fermentado é sem gordura, sem adição de açúcar e Zero Lac, ou seja, pode ser consumida livremente por quem apresenta intolerância à lactose.

Melhor que isso, só dois disso, hein? Corre no supermercado e compra o leite fermentado da Apreciare para mudar seu sistema digestivo para melhor, começando por hoje.