Dicas para quem quer começar a se exercitar - Apreciare
16888
post-template-default,single,single-post,postid-16888,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Dicas para quem quer começar a se exercitar

Dicas para quem quer começar a se exercitar

Deixar para trás a vida sedentária e dar início a uma vida saudável e ativa é o desejo de muitas pessoas que, na expectativa de viver mais e melhor, decidem abandonar o sofá e praticar novos hábitos.

Mas por onde começar? Qual exercício escolher? O que fazer para que a empolgação persista e a animação inicial não seja passageira?

Mesmo que você esteja há muito tempo sem suar a camisa, lembre-se que é sempre possível sair do sedentarismo e começar a se exercitar, independentemente da sua idade ou peso. Com força de vontade, e um pouquinho de determinação, fica fácil dar o primeiro passo rumo a uma vida saudável.

Preparamos, neste artigo, algumas dicas essenciais para quem quer deixar a preguiça de lado, decidindo levar uma vida mais saudável e feliz. Se este é o seu caso, leia até o final e coloque em prática o passo a passo que sugerimos.

 

#1 Faça uma visita ao médico

É muito importante fazer uma avaliação médica para se certificar de que está tudo em ordem com a sua saúde antes de sair do sedentarismo. Sabemos o que você está pensando e, sim: dependendo do seu histórico, a visitinha ao médico vale até antes de empreender em uma rotina de caminhadas leves.

Para a academia e modalidades mais pesadas de esporte, alguns exames são necessários para atestar sua aptidão para a prática de atividades físicas, como o eco-cardiograma e a auscultação do pulmão. Com o aval do seu médico, você não tem mais desculpas! É hora de correr atrás do prejuízo, literalmente!

 

#2 Tenha foco

O que você precisa neste momento? Perder peso está entre as suas prioridades? É importante avaliar os seus verdadeiros objetivos e fazer um planejamento para que seja possível alcançá-los. Para isso, trace metas.

Mas, e isso é sério, tome muito cuidado com essas metas. Para que não haja frustração, é preciso que elas sejam realistas. Se quer perder 20 quilos em um mês só com academia, por exemplo, saiba que isso talvez não seja humanamente possível – e aí mora o valor da avaliação médica e dos acompanhamentos de profissionais, como nutricionista e personal trainer. Essa equipe multidisciplinar pode averiguar suas metas e dizer em quanto tempo elas serão alcançadas.

Alcançadas as metas reais, é hora de traçar as próximas.

#3 Escolha o exercício que mais lhe agrada

Se a queima de calorias está na lista de prioridades, é preciso focar nos exercícios aeróbicos, que trabalham uma grande quantidade de grupos musculares de forma rítmica, acelerando o metabolismo.

Corrida, caminhada e bicicleta são exercícios que podem ser praticados em uma academia, ao ar livre e até mesmo dentro de casa. Escolha o melhor ambiente para você e vá em frente!

Se a ideia é apenas sair do sedentarismo, sem perda expressiva de peso, a caminhada é um excelente começo.

 

#4 Transforme sua escolha em hábito

De nada adianta se exercitar uma vez ou outra. É preciso que a prática vire rotina, mas uma rotina prazerosa. Avalie qual é o melhor horário do seu dia para praticar exercícios e faça disso um hábito.

Se o horário escolhido for a parte da manhã, por exemplo, é fundamental priorizar este momento e, só depois de concluída a sua atividade, dar continuidade às tarefas do dia.

Aos poucos você vai perceber que os exercícios farão parte do seu ritual diário, assim como escovar os dentes ou almoçar. Dê-se o tempo para perceber isso.

#5 Cuide da alimentação

Tão importante quanto praticar atividades físicas é manter uma alimentação equilibrada. Antes do exercício, opte por um lanche leve. Os iogurtes e as coalhadas são uma opção saborosa, prática e saudável. Podem ser consumidos puros ou com aveia, se tornando uma fonte de carboidrato leve e nutritiva.

Após o exercício, é importante apostar nas proteínas para reposição muscular. Peixe, ovos, atum e frango são algumas das opções mais indicadas.

Os carboidratos, especialmente os integrais e as frutas, podem e devem fazer parte da sua dieta. São eles os responsáveis por fornecer energia ao organismo – e, quanto mais energia você tiver, maior será a sua disposição para praticar atividades.

 

Vamos falar a verdade: nem sempre deixar o sedentarismo é fácil, mas é útil e a atitude vem recheada de bons resultados. Então, por que não dar essa chance à saúde? Os benefícios de uma vida saudável, como noites bem dormidas e ausência de dores e doenças, vão te mostrar que você realmente está no caminho certo. O importante é dar o primeiro passo, achar prazer na nova rotina de atividades e alimentação e não desanimar!

Acredite: sua versão do futuro vai agradecer profundamente a atitude ativa que você vai tomar hoje.