Como os iogurtes auxiliam na perda de peso? - Apreciare
16608
post-template-default,single,single-post,postid-16608,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Como os iogurtes auxiliam na perda de peso?

Como os iogurtes auxiliam na perda de peso?

Quantas pessoas querem – ou precisam – perder peso hoje em dia? Praticamente todo mundo necessita eliminar alguns quilinhos indesejáveis do corpo. E, para isso, muitas se submetem às dietas do momento, lançando mão da saúde que é, no fim do dia, o bem mais precioso que temos.

A boa notícia é que podemos perder peso de forma saudável – e, como nunca nos cansamos de falar por aqui, com muito sabor! Com determinação e mudando alguns hábitos, tudo pode melhorar.

E onde o iogurte entra na história? Justamente nessa parte, para ajudar nessa transformação. Isso mesmo: poderoso que só, o iogurte, além do efeito emagrecedor, faz bem para os músculos e ossos, protege o estômago e ainda estimula o funcionamento do intestino. Quantos benefícios!

Como o iogurte ajuda no emagrecimento

É comprovado que o iogurte emagrece: o poder de secar as gordurinhas vem do cálcio, que tem a vantagem de estar biodisponível, ou seja, que pode ser facilmente absorvido pelo organismo. O cálcio sinaliza as células de gordura para bombear menos cortisol, tornando mais fácil a perda de peso, enquanto os aminoácidos ajudam a queimar a gordura.

E, olha, a delícia láctea tem muito cálcio! Em média, para cada 245 gramas do produto, encontramos 488mg de cálcio. Então, não há desculpa. Consumir iogurte emagrece e ainda dá prazer.

Além disso, colocando iogurte no seu esquema alimentar, você vai consumir vitamina A e vitaminas de complexo B, como B6 e B12, além de riboflavina, ácido fólico, niacina, potássio e fósforo, que são benéficos para o combate à depressão, ansiedade e ainda podem metabolizar melhor as proteínas e carboidratos.

O iogurte é uma ótima maneira de perder peso sem passar fome. O cálcio combate a gordura da barriga e a proteína, além de queimar a gordura, aumenta os resultados do treinamento de força. Então, a poderosa combinação de cálcio e proteína aumenta a taxa metabólica e melhora sua digestão e saúde intestinal.

Como consumir iogurte nas dietas de baixo consumo calórico?

O iogurte é nutritivo e com baixa caloria, sendo assim, o consumo de uma tigela cheia desse alimento com pouca gordura proporciona uma sensação de saciedade por mais que tempo que uma fruta.

Para quem quer emagrecer, o ideal é consumir um iogurte com menor teor de gordura ou o desnatado. Além de ter em média 76 calorias, também tem mais cálcio e proteína que o integral.

Você pode turbinar seu café da manhã, acrescentando ao iogurte, frutas, cereais, mel ou geleia, e também pode utilizá-lo no almoço ou jantar para temperar sua salada.

E as bebidas lácteas probióticas?

Lácteos probióticos são aqueles que contêm micro-organismos vivos e benéficos para o nosso corpo. Eles são ainda mais eficientes para a perda de peso, pois o iogurte ou leite fermentado probiótico melhoram a saúde do intestino e, com isso, ajudam a diminuir as medidas de duas formas: diminuindo a fome (o intestino libera mais neurotransmissores que regulam a saciedade) e aumentando a absorção de minerais e vitaminas (evita que o organismo sinta a falta desses nutrientes e estimule a comilança).

Os probióticos também fazem diferença no processo de síntese dos chamados ácidos graxos de cadeia curta, que ajudam nosso organismo a combater infecções, atenuam processos inflamatórios e podem até mesmo proteger contra alguns tipos de câncer.

Pessoas com restrições a lactose (açúcar do leite) também podem fazer uso desse alimento como um aliado para o emagrecimento.

O mais importante é fazer a escolha correta. Opte por iogurtes sem lactose e, ao comprar, verifique sempre a indicação na embalagem.

Vale lembrar que o iogurte é um auxiliar na perda de peso, o que significa que, sozinho, ele não faz milagre! Para que haja um resultado significativo, mude seus hábitos de vida e alimentares, trazendo sua rotina para o equilíbrio. Nunca é demais lembrar que a perda de peso pode ser mais eficiente se você acrescentar exercícios físicos ao seu dia.